Ah, pisciana!

tumblr_n7kg7bjneg1tezymro1_1280

 

2016 finalmente chegou! Não sei se todo achou 2015 um saco, mas eu achei. Acho que poucas coisas valeram a pena, sabe? Pequenas coisas que fizeram o ano ser bom em alguns aspectos. Mas 2016 vai ser melhor e para isso acontecer eu fiz uma promessa: Postar mais no blog!

Sei que nem todo mundo acredita em signos, mas eu já tinha prometido fazer um texto sobre a maravilhosa vida de uma pisciana. Espero que gostem, de verdade. ❤

Ah, pisciana. Eu sei que é um mistério ser você. Cheia de abismos por dentro que poucos conseguem ver e, na verdade, poucos têm permissão para conhecê-los. Ser pisciana é complicado: Abraçar o mundo inteiro e entender os seus problemas. Saber como ajudar e o melhor é que se quer ajudar.

Ser de peixes é isso: É entender o que está acontecendo ao seu redor, ter calma e paciência para resolver tudo. Mas também é se fechar em um mundo apenas seu, a terra dos sonhos, quando os seus problemas começam a aparecer.

Quem é de peixes não vê a maldade, sabe? Acredita em –quase- tudo. Já vi muitas pessoas falaram que pisciano é sonso, é ingênuo e tudo mais. Mas eu discordo. Sempre achei (e provavelmente vou achar para sempre) que pisciano é a essência humana. É aquele sentimento inicial: O que vem antes do medo, da desconfiança, da raiva.

Mas ser de peixes não é ser assim tão aberto. É se esconder também. É ter medo de sair da sua zona de conforto, de pedir ajuda e não saber como agir. Quando você expõe seus medos e sentimentos para qualquer pessoa (e quando digo qualquer, quero dizer até alguém muito importante) é basicamente enfrentar a realidade.

E nenhum pisciano quer isso.

Anúncios

Jessica Jones e o nosso poder

tumblr_nyy8g6svvt1uhnwvfo1_540

Se você ainda não ouviu falar nessa série, precisa ir correndo procurar alguma resenha sobre ou até mesmo logar no netflix e começar a assistir. Jessica Jones, a personagem principal, tem super poderes. Mas você esquece disso durante a série. Ela é super forte e consegue voar, mas além disso: Jessica Jones superou um relacionamento abusivo, onde ela foi controlada por KillGrave (que, tcharan, pode controlar a mente das pessoas). E agora luta, de um jeito maravilhoso, contra isso.

Mas o poder das personagens femininas na série não ficam apenas na Jessica Jones, eles vão além. A melhor amiga de Jessica, Trish, é a verdadeira mulher moderna: Independente, tem um emprego ótimo e quer aprender a se defender de QUALQUER pessoa que tente fazer com que ela se sinta inferior ou humilhada.

tumblr_nyn3zaaasu1qd5lk3o4_250

Eu sei que pode parecer chato de ler, mas é a verdade: Todas nós temos a capacidade de ter o mesmo super poder que a Jessica. Sair e superar um relacionamento abusivo é complicado, leva tempo, mas é possível. Ninguém melhor do que você para saber qual é o seu limite e saber denunciar, ninguém vai te julgar ou duvidar de você.

E o principal: Ninguém tem o direito de te humilhar.

 

 

Sobre se encontrar e avisar.

Se eu falar que estou sem tempo, vou mentir. Só tenho curso em janeiro, o MegaFilmesHD saiu do ar e eu ando deitada na minha cama vendo NetFlix, eu me rendi a ele, o tempo todo (Jessica Jones <3).

Na verdade, até na época do curso eu tinha tempo para postar, só não sentia vontade. Comecei a me questionar: O que eu quero falar no blog? Tem que ser algo de que eu entenda, certo? Entenda e GOSTE.

Pois é, eu não sei do que entendo. Na verdade, eu sei: Séries, música e problematizar. Quando você se assume feminista e começa a entrar de cabeça no movimento negro, as piadinhas de sempre começam a te incomodar e você não deixa, nem deve deixar, que elas passem batido.

Talvez você perca alguns amigos, mas vai ganhar outros maravilhosos. Não é isso o que importa?

tumblr_n2j2bxlkon1t34ve6o1_500

Então é isso, vim avisar que esse é um blog sobre:

  • Séries
  • Música
  • Feminismo (o geral também) negro
  • Movimento Negro e representatividade
  • Muito mais coisa porque aqui não existe limitações.

Pode vir, se quiser (e eu quero que você venha, né).

 

 

Músicas de Segunda #3

Eu não conseguia escrever. Foi um bloqueio, foi preguiça, foi uma semana louca. Resumindo: Eu estava com preguiça e cansada. No sábado e domingo fui para um curso de produção de festivais (que eu ganhei na rádio!) e esse curso durou o dia inteiro. A única coisa que eu queria, ao chegar em casa, era dormir.

Mas agora eu voltei! Ainda não tenho muita coisa pra falar, continuo correndo (feito uma louca) mas hoje está chovendo e resolvi aproveitar para ouvir algumas músicas novas e assistir filmes.

Pensando nisso, consegui unir as duas coisas: Trilhas sonoras de filmes!

Simple Minds – Don’t You (Clube dos Cinco)

Eu espero sinceramente que todo mundo já tenha visto esse filme! Ele é mais do que maravilhoso, ele é MUITO bom. E por mais que seja dos anos 80, consegue ser super atual e rola uma identificação imediata com o filme. E eu não podia deixar essa música de fora, que marca a cena final épica.

Anna Kendrick – Cups (A Escolha Perfeita)

Na minha cabeça, eu não fazia ideia de que um clipe dessa música existia! Eu só a conhecia no filme e nem sabia que a Anna tinha um canal no Vevo. Preciso admitir aqui, só entre a gente, eu choro na continuação desse filme.

Christina Aguilera, Lil’Kim, Mya, P!nk -Lady Marmalade

Esse feat marcou uma geração, gente. Assim como o filme! Eu era muito novinha quando ele lançou, mas consigo lembrar da primeira vez que eu o assisti: Não entendi nada. Mas hoje em dia eu me acabo de chorar com ele.

Bem, é isso gente. Prometo não sumir mais.

4 passos para: Entender astrologia

Todo mundo quer entender de signos (pelo menos em 2015) e isso pra mim sempre foi muito fácil de entender e de prestar atenção. Nunca tive problemas em saber o que cada planeta significava e no que a mudança da lua podia alterar no meu humor. Só que, por algum motivo que ainda desconheço, nesse ano a astrologia teve um grande boom! No twitter, no facebook, no Youtube, no tumblr, foi em todo lugar!

Levei um susto.

E percebi que a grande maioria das pessoas tem muita dúvida em entender o próprio mapa astral e o que cada coisinha (que pra mim pode parecer bem simples, para outras pessoas não é) significa. Então eu resolvi ajudar e mostrar que nem tudo é tão complicado assim no mundo dos astros!

Lembrando sempre que astrologia não é desculpa para ninguém ser grosso ou babaca com as pessoas. Astrologia só interfere na sua personalidade, mas o resto é com você.

Vamos lá!

01 – Esqueça aquilo de ‘top signos que…’

Sério! Isso é muito ruim. Até por que nós somos mais do que o nosso signo, nós temos várias influências de planetas e outros signos dentro do nosso mapa. Nos concentrar apenas no signo solar (o principal) não é muito bom e atrapalha muito.

02 – Pesquise em sites confiáveis 

Se você não sabe o que ascendente, vênus, lua e as outras coisas significam: pesquise! Mas em sites confiáveis, porque é muito ruim ler em sites que não tem base alguma. Ou veja o canal da Carol Vaz (Papo Astral) no youtube.

03 – Mapa Astral não te define

Não COMPLETAMENTE. Você é um humano e é feito de partes: sociedade, família, amigos e etc. O mapa só te molda. O resto é com você, como eu disse antes.

04 – Faça seu mapa astral.

Parece meio óbvio, né? Existe sites que fazem e te dão a informação completa e tudo de graça. O melhor é o astrolink. Eu gosto do personare, mas você tem que pagar um valor x e nem é tão caro assim. Eu nunca fiz, mas muitas pessoas dizem que vale a pena sim e são quase 40 páginas SÓ sobre você.

É isso! Espero ter ajudado.

Músicas de Segunda #2

Demorei pra escrever, mas finalmente acordei (é verdade, passei o feriado no automático e meio de ressacava) e vim correndo aqui escrever as três músicas que embalaram o meu final de semana prolongado! Aliás, que foi maravilhoso. Acho que preciso fazer um canal no youtube pra filmar e mostrar pra todo mundo as coisas que eu faço. Alguém concorda? ❤

Enfim, vamos lá!

Los Hermanos – Conversa de Botas Batidas

Em homenagem ao show deles, que eu fui na sexta, aqui no Rio. Eu gosto muito de Los Hermanos e tem muiiiiiiiito tempo. Tava toda tristinha por causa dos ingressos esgotados, mas uma amiga minha conseguiu camarote (eita!) pra gente e foi lindo. E essa é minha música favorita. É baseada em uma história real que aconteceu aqui no Rio! Vale muito a pena ouvir.

Karol Conka – Tombei

Essa é em homenagem à festa que eu fui no sábado! Amo a vibe da Karol Conka e ela é maravilhosa mesmo. Essa letra me deixa muito animada e me dá vontade de cantar alto demais, gritando sem vergonha. O clipe tem uma produção maravilhosa e fico bem feliz de ver artistas nacionais alcançando o mesmo nível dos gringos!

Marcelo Jeneci – Pra Sonhar

Posso falar que a primeira vez que eu vi o clipe da música eu chorei um pouco? A música é tema do Chuva de Arroz, que passava no GNT e casou muito bem com o clipe. Transmite aquela emoção do casamento, de casais apaixonados e da felicidade que é ter um amor verdadeiro. Fico toda sentimental ouvindo isso e como eu tô bem calminha hoje, só consegui lembrar dela.

Bem, e o que vocês fizeram nesse final de semana prolongado?

A representatividade NEGRA nos blogs e vlogs

Esse post é totalmente inspirado em uma postagem que eu vi em um grupo no facebook. Uma menina (negra) pediu para que blogueiras negras (ou alguém que tivesse link de blogueiras negras) deixassem na postagem, pois ela queria conhecer. E eu percebi que os links era mínimos… Até onde eu li, foram três. Fiquei pensando em como a falta de Youtubers/blogueiras afeta ao público negro. Na verdade, as negras (já que a grande maioria são meninas que assistem).

Representatividade, né?

Não me levem mal, mas o número de blogueiras/vlogueiras brancas é visivelmente maior que o de negras. Existimos SIM (digo existimos, já que estou me incluindo) e é super gratificante quando vemos uma Youtuber ou blogueira negra, independente do tema que ela aborde. Quando você vê (pode ser uma ou duas), você sabe que pode estar ali e tem mais: Você não se sente excluído. Parece bobo, né? Mas não é.

Por isso eu reuni todos os links de canais e blogs, que as donas sejam negras, e resolvi postar aqui. Espero que gostem ❤

Modices

Acho que foi primeiro blog sobre moda que eu comecei a acompanhar (até porque eu não entendo NADA de moda) e a Carla fala de um jeito super irreverente e divertido. E além de maravilhosa, é carioca, é feminista e apoio o consumo consciente.

Camila Nunes

Eu conheci o vlog da Camila antes de conhecer o blog e foi assistindo o vídeo de outra negra linda. Foi meio difícil não me apaixonar na hora, a identificação foi bem grande. Ela fala sobre auto maquiagem e cuidados com os cabelos. Pode parecer que eu só falo de pessoas do Rio de Janeiro, mas não é minha culpa. +vlog

Hey Beauty

A Anne eu conheci primeiro pelo instagram (provavelmente foi indicação de alguma amiga) e a achei muito fofa! O blog eu nem lembro como achei, mas foi um achado maravilhoso. Ela tem um sotaque muito fofo da Bahia que tá misturado com o da Espanha, já que ela mora lá agora. Super recomendo porque além de mostrar as viagens que ela faz como modelo, ela também mostra o seu dia-a-dia e dá várias dicas. +vlog

Futricando Moda

O Futricando Moda eu conheci assim que fiz o blog e salvei, assim eu ia poder comentar depois. Mas não sabia que tinha um vlog! Descobri, mais uma vez, aleatoriamente. Foi uma grata surpresa, o primeiro vídeo que eu vi foi sobre como não deixar a o esmalte borrar e eu adorei. +vlog

Bem, esses são os que eu conheci e mais tenho visto. Espero conhecer mais blogueiras e youtubers negras ❤